Veja. Confira. Depois, compre…

Há um conto  no meio imobiliário que se não fosse pelo comentário negativo que demonstra , poderia ser uma piada : como se  chamam as pessoas que  têm  pouco ou nada  de dinheiro  ?    A resposta é :  compradores de casa !!! E é  essa a realidade do indivíduo que encara hoje a  difícil situação de  adquirir uma vivenda normal e básica para sua família .

É notória a flexibilização do mercado imobiliário no tocante a facilidades para aumentar as oportunidades para as pessoas de escassos recursos, ou recursos  limitados, a fim de  alcançar o sonho da casa própria  e que no atual ambiente financeiro  se goze  dos mais baixos juros dos últimos trinta anos , além de existir uma série de programas  que eliminam muitas das travas  que tradicionalmente haviam entre  comprador e propriedade . A cada dia nos assombramos  com as peripécias que utilizam as companhias hipotecárias  para qualificar o cliente e levar a cabo a transação.Hoje em dia não é coisa rara hipotecas que cobrem 100% do valor da casa e , ainda mais, assim também hipotecas que só contemplam pagamentos de juros  em muitas ocasiões de 1% sem pagar capital  e ademais  a  extensão da hipoteca  a quarenta anos.

Ainda assim, ainda que o sistema hipotecário  se haja convertido  em um muito complacente sócio  ou provedor do dinheiro necessário , o comprador e os que trabalham nesta indústria  encontram-se em  situações difíceis  de resolver dados os preços das casas e o dinamismo vertiginoso em que se encontra o mercado de bens imobiliários. Por exemplo, não é estranho encontrar uma casa por um preço que o comprador esteja conforme e disposto a pagar, ademais  de haver sido aprovado pelo seu representante hipotecário  para receber este monto como empréstimo. Entretanto, quando se leva a cabo  a avaliação da propriedade, ou seja, o estudo que indica seu valor num momento determinado pode resultar  em   uma quantia por debaixo do preço da venda. Isso sucede precisamente pela rapidez  com que se elevam os preços dos imóveis  e portanto não aparecem registradas as mais  recentes vendas que marcam parâmetros  de valor a casas  comparáveis em preços  e características  na área do imóvel  em questão. Como esses parâmetros  são em  grande medida talvez os mais relevantes para os avaliadores de casas  se não há vendas registradas por esses montos ou uma evidencia contundente que indique  que  a propriedade na verdade tem o valor que seu dono ou o agente imobiliário que representa a venda considerem apropriado, os Bancos  ou entidades financeiras podem negar se a outorgar o empréstimo.

Em muitas ocasiões o comprador  e seu agente imobiliário pretendem incorporar ao empréstimo os gastos finais que oscilam  entre um 5%  e um 7% e , isto sim, em definitivo  poderia desqualificar o candidato  já que o  avaliador determinou que a casa  não tem o valor pelo qual se pretende adquiri-la com os gastos  do cerre   somados aos da avaliação .Por exemplo, usando  cifras fáceis de  entender e supondo que estes não são  preços reais do mercado. Se a propriedade é posta  para venda  em 100,000 dólares  e os gastos de cerre ascendem a 5,000 dólares  e o avaliador não pode verificar vendas na área  pela quantidade de 105,000 dólares , senão por 100,000 dólares  ou menos, o Banco somente emprestará  esta quantia e o comprador deverá bancar os 5,000 dólares ou mais  de diferença.

Recorde que, em qualquer transação, um consumidor informado minimiza a possibilidade  de tomar uma decisão incorreta em todo e qualquer passo.
Por Hilda Luisa Díaz-Perera
REALTOR®, GRI, eProBroker-Owner

Queridos leitores, mais um artigo para ler e pensar… 

                                                  Lila de Mendez

                                              lila@imoveisvideo.com

Anúncios

Saiba onde checar os documentos para comprar sua casa

As negociações na hora de comprar ou vender um imóvel dependem de vários fatores, um muito importante é a checagem da documentação.
Esse processo pode demorar e implicar em um custo não planejado anteriormente. Pro Teste , empresa pró-consumidor, através de Lúcia Brandão , nos traz algumas referências no que concerne à negociação  na compra de sua casa .

Para se prevenir

Nas certidões pessoais, você pode checar a situação de uma determinada pessoa física ou jurídica antes de se realizar ou fechar um negócio. As certidões têm o nome do cartório onde serão obtidas e devem ser tiradas nos cartórios competentes de cada região.

Distribuidor Cível

Informa se existe alguma ação judicial em nome do consultado. Ajudar a saber / se existe ação de cobrança, despejo, execução ou busca e apreensão. Se o visado for pessoa jurídica, pode-se verificar ações contra a empresa.

Distribuidor da Justiça Federal
 
Mostra se existe problema na Justiça que esteja relacionado à União ou a organismos federais, como débitos no INSS ou com o IR. É possível conseguir a certidão no item “consultas” do site www.jf.gov.br.

Receita Federal

Você vê se administrativamente existem cobranças que não tenham sido encaminhadas ao Judiciário, como de débitos relativos ao IR. Se não houver débitos, a certidão pode ser solicitada pelo site www.receita.fazenda.gov.br. Caso existam, ela deve ser pedida em uma agência da Receita Federal.

Alguns documentos podem ser adquiridos pela internet.

Distribuidor de Protestos de Títulos

Para saber se existem cheques, notas promissórias, faturas ou documentos de cobranças em aberto (sem pagamento) por parte do consultado.

Processos de Fazenda Pública

Esta certidão mostra se existem ações judiciais em nome do Estado ou do Município. Você pode verificar débitos de IPTU ou execuções de impostos em nome do consultado ou até mesmo do imóvel.

Certidão de Interdição e Tutela

Você checa se o consultado não perdeu sua capacidade civil, ou seja, se ele pode exercer seus direitos civis e se possui capacidade mental para exercer sozinho seus direitos sem auxílio de curador ou tutor. É possível também saber, com esta certidão, se o imóvel que você está alugando ou comprando tem pendências.

Detalhes de um imóvel

Já citamos certidões que você pode consultar determinados dados sobre um imóvel, mas conheçam outras mais específicas.

Ônus Reais

É emitida pelo cartório de registro de imóveis. Você pode indicar quem é o proprietário do imóvel, se o imóvel foi dado como garantia para um financiamento ou se existe alguma penhora. Pode também ver se existe na escritura vaga de garagem.

Situação Imobiliária
 
É emitida pelo Município onde está localizado o imóvel. Tem o objetivo de informar se existem impostos pendentes. Muito usada para fazer levantamento de IPTU.

Situação Enfitêutica

Visa saber se o imóvel é de órgãos públicos ou privados para ver se é preciso pagar algum imposto.

Quitação Fiscal
 
Informa o pagamento do IPTU do ano em exercício. É possível ver as parcelas que foram pagas.

Um pouco diferente

Para pesquisar certidões de pessoa jurídica, você deve ver não só o nome da empresa e seu CNPJ. Deve pesquisar os nomes e CPFs dos sócios da pessoa jurídica pesquisada.

Prazo de sete dias

Em muitos Estados, as certidões ficam prontas em sete dias. Existe, porém, uma certidão que demora mais. É a certidão de ônus reais, que em média fica pronta em 15 dias. Algumas cidades disponibilizam uma central de certidões que reúne todos os distribuidores em um só lugar.

 Lucia Brandão

 Aqui estão, caros leitores, pautas importantes no momento sonhado da aquisição de sua casa própria. Espero que seja de ajuda a muitos…

                                          lila@imoveisvideo.com