Boa Notícia Para o Setor Imobiliário: Governo Anuncia Medidas Para Impulsioná-lo

Em outubro passado, o Governo Federal anunciou 3 importantes medidas que certamente causarão grande impacto ao mercado imobiliário. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, espera-se que o volume de financiamento imobiliário cresça dos atuais 1,65% do Produto Interno Bruto (PIB) para um patamar de 4% a 8% do PIB até 2010, volume considerado pequeno ainda, se comparado com países como a Espanha (30% do PIB) ou o México (10% do PIB).

Talvez a principal das medidas anunciadas seja  a real possibilidade de remanejar o financiamento, ou seja, os clientes poderão optar por transferir a dívida e continuar pagando em outra instituição financeira, em busca de melhores taxas, o que deverá  ocasionar  concorrência entre os bancos e uma possível redução das taxas de juros.

Outra medida em estudo tenta reduzir os riscos durante a construção e o financiamento dos imóveis. Segundo o ministro da Fazenda, o governo quer criar seguros para as obras e empréstimos. “Isso reduziria os custos”, disse. Na atualidade,  as entidades bancárias já oferecem seguros nos financiamentos imobiliários. Mas este seguro é opcional, legalmente opcional. Entrando em vigor,  a medida evitaria problemas como os que já ocorreram com algumas construtoras que não cumpriram com seus compradores e  deixaram  milhares de mutuários sem imóveis porque as obras não tinham seguro e, para lograr concluí-las, os compradores tiveram de assumir estes custos, que não estavam , obviamente , em sua programação de gastos .

Para concluir, outra medida que o governo estuda é a criação de um cadastro nacional de imóveis, criando uma matrícula única  a fim de   organizar e reduzir a burocracia relacionada com a documentação para a compra ,por vezes tão conflitiva.
 
Seguiremos com o tema, queridos leitores…

Acompanhem-me…
                                       Lila de Méndez
                                   lila@imoveisvideo.com

Anúncios

Uma resposta

  1. Isto é maravilhoso, se um banco pode nos oferecer uma taxa menor, porque devemos ficar presos a uma instituição que nos suga até a alma?
    A redução da taxa é extremamente necessária.
    Deus abençõe o Brasil!
    Deus abençõe a Recar!
    Deus abençõe minha casa plenamente!
    Um agraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: